Gato Fedorento

domingo, dezembro 21, 2003

SOBRE OS CÃES: Haverá cão mais útil do que o cão guia dos cegos? Certamente que sim. O cão que ajuda a polícia a encontrar droga, por exemplo. As vezes que eu desejei ter um desses, principalmente quando acabo de acordar e não sei da ganza...
Bem, mesmo assim, o cão guia é dos mais úteis. Embora pudesse melhorar. Eu moro em frente a uma instituição de cegos. Vejo vários por dia e reparo que têm um problema com a moda: não a seguem. Acho que os cães dos cegos, para serem mesmo super impecáveis, podiam também ajudá-los a escolher a roupa. Era simples: de manhã, enquanto o dono tomava banho, o canito escolhia umas calças e uma camisa a condizer.
O que se passa é que os cães não querem trabalhar. Só guiar também eu! Escolher as roupas é que é lixado. Ver as cores da estação, os tecidos que combinam... Se calhar, cada cego devia ter dois cães: um pastor alemão para guiar e um caniche para as questões de moda. O caniche é a bicha dos cães. ZDQ
posted by Gato 1:49 da tarde

FOI UM “AI, JESUS CORREIA!” Dias depois do Sporting – Gençlerbirligi, Jesus Correia, o último dos cinco violinos, morreu. Se Jesus Correia tiver visto o que se passou em Alvalade, acho que a sua família é capaz de ter razões para processar o Engº Fernando Santos e o plantel, por homicídio negligente. Depois do jogo contra o Setúbal, então, a sorte do Fernando Santos é que os violinos já morreram todos. ZDQ
posted by Gato 1:48 da tarde

sexta-feira, dezembro 19, 2003

ARROJO: "I'm in love with a popstar", o último livro de Margarida Rebelo Pinto, constitui uma aposta arriscada. É, no mínimo, corajoso que a autora se atreva a escrever um romance com o título em língua estrangeira numa altura em que ainda não domina a língua portuguesa. RAP
posted by Gato 1:56 da manhã

O MAIOR: Santana Lopes é um político de grande talento. Só isso explica que tenha desempenhado tantos cargos sem ter aquilo a que, em política, se costuma chamar uma ideia. Minto. Santana Lopes tem duas ideias políticas fortes, que marcaram indelevelmente o nosso tempo. Numa altura em que há quem fale, sem se rir, na candidatura de Santana a Presidente da República, gostaria de recordar aqui essas ideias. São elas:

«Não deve dizer-se “PSD” mas sim “PPD-PSD”»: Isto é muito importante. O PPD-PSD é melhor que o PSD porque, embora sejam rigorosamente o mesmo partido, o primeiro tem o dobro das letras. Por isso, num discurso, Santana Lopes gasta, na designação do partido, duas vezes mais segundos que os seus companheiros que dizem apenas PSD. Sobra-lhe, portanto, muito menos tempo para fingir que tem coisas para dizer.

«Eu cheguei a tomar um café com Francisco Sá Carneiro»: Todos os políticos tentam incluir o seu curriculum nos discursos. Normalmente, isso torna o discurso enfadonho: “Fiz isto, fiz aquilo...” Felizmente, o curriculum de Santana tem apenas uma linha, que é esta.

Combinação das duas ideias num discurso: «A actual situação do PPD-PSD faz-me lembrar uma ocasião em que eu estava a tomar café com Francisco Sá Carneiro na cantina da sede do PPD-PSD. E eu disse-lhe que achava que o PPD-PSD podia ir longe se eu disputasse a liderança do PPD-PSD congresso sim, congresso não, e perdesse em todos. E Francisco Sá Carneiro bebeu a sua bica e olhou para mim como quem diz: “Pois, e tal.” Viva o PPD-PSD.» O homem é um génio. PPD-RAP
posted by Gato 1:10 da manhã

terça-feira, dezembro 16, 2003

JUSTA HOMENAGEM? O 95º aniversário de Manoel de Oliveira foi mais uma ocasião para enaltecer a carreira do realizador. Apesar de tudo, não estou certo do contributo do cineasta para a evolução da sétima arte. Se é verdade que o Manoel de Oliveira não teve culpa de nascer ainda o cinema era mudo, o mesmo não se pode dizer de andar há anos a fazer-nos crer que o cinema é paralítico. TD
posted by Gato 4:12 da tarde

segunda-feira, dezembro 15, 2003

BEM HAJAS, TVI, POR EXISTIR: Há dias, a TVI noticiou que um velhinho de 81 anos, depois de já ter ganho um prémio de totoloto de cinco mil contos e um computador, ganhou agora (na lotaria, creio) um prémio de 60 mil contos. A TVI retrata este caso, (dum homem que trabalhou toda a vida e, inclusive, um dia teve de voltar de Lisboa ao Porto a pé, por não ter dinheiro), com um caso de sorte. Sorte? Ganhar 60 mil contos aos 81 anos é sorte? Ou ironia?
Por outro lado, quem deve estar contente é a espartana Manuela Ferreira Leite, pela modificação de mentalidades operada nos portugueses. É que este homem, quando lhe perguntaram o que ia fazer ao dinheiro, disse que o ia guardar. Pois é. Pô-lo a render. Faz bem, o senhor de 81 anos, porque nunca se sabe como é que é o dia de amanhã. ZDQ

posted by Gato 3:11 da tarde

É A REVOLUÇÃO NO ESTUDO DA MENTE: Depois de aturadas pesquisas, descobri qual é o sexto sentido das mulheres: é o sentido de orientação dentro dos centros comerciais. Num desses estabelecimentos pergunto a uma amiga: “Sabes onde é que se tira fotocópias?” Ela responde: “Tens um sítio no Piso 0, ao lado da Habitat, em frente à Zara, que fica mesmo por baixo da Mango. É no corredor da Strass, mas do lado oposto à Bershka. E há outro no Piso 1, exactamente por cima da Benneton, que é duas lojas ao lado da...” I rest my case. TD
posted by Gato 3:35 da manhã

O FIM DO MITO GEORGE W. BUSH: Depois das recentes revelações de consumo generalizado de substâncias proibidas no desporto norte-americano, a que nem o lendário Carl Lewis escapou, o escândalo chegou agora à Casa Branca: para ir visitar as tropas americanas ao Iraque, o presidente George W. Bush dopou-se. A fonte próxima da Casa Branca, que revelou a informação anonimamente (nos Estados Unidos estes casos de traição à pátria são punidos com prisão perpétua ou, em situações extremas, com uma pena efectiva até que se descubram armas de destruição maciça no Iraque), adiantou ainda que a substância que o presidente consumiu chama-se fachoefedrina. Este estimulante actua sobre o sistema nervoso central diminuindo a percepção do risco ou, em linguagem técnica, “faz perder o cagaço todinho” e tem o efeito secundário complementar e providencial de reter a urina. TD
posted by Gato 3:34 da manhã

Powered by Blogger

 

Um blog com opiniões, nenhuma das quais devidamente fundamentada. Mantido por: Tiago Dores, Miguel Góis, Ricardo de Araújo Pereira e Zé Diogo Quintela. E-mail: gatofedorento@hotmail.com

Past
current