Gato Fedorento

domingo, julho 06, 2003

ENTREVISTAS FALSAS: O Gato Fedorento inaugura, hoje, um espaço de entrevista política. Convidámos Judite de Sousa para coordenar esta rubrica, mas a jornalista da RTP recusou, por estar ocupada a preparar uma entrevista de doze horas a Fátima Felgueiras. O nosso primeiro entrevistado é António Costa, do Partido Socialista. A grande vantagem de termos falado com o ex-Ministro da Justiça por telemóvel é que nem precisámos de gravar a entrevista: no dia seguinte, um agente da PJ teve a amabilidade de nos enviar a transcrição da conversa, já devidamente dactilografada e assinada pelo juiz.

Gato Fedorento: Boa noite. O Procurador Geral da República confirmou, ontem, à comunicação social que recebeu um telefonema seu, antes da detenção de Paulo Pedroso, no sentido de o pressionar. Confirma este contacto?
António Costa: Não. Isso é uma cabala. Eu também demorei algum tempo a perceber, mas depois fui contactado pelo Fox Mulder e pela Scully e eles disseram-me que o primeiro objectivo dos extra-terrestres, antes de dominar o mundo, é neutralizar o PS. E tenho provas, nomeadamente a fotografia de um OVNI a sobrevoar o Largo do Rato.
Gato Fedorento: Não será um avião da TAP?
António Costa: Hum... não tinha pensado nessa hipótese.
Gato Fedorento: Portanto, continua a achar que a detenção de Paulo Pedroso faz parte de uma cabala política?
António Costa: E não só. Todas as leis que este governo aprova constituem cabalas. Olhe, por exemplo, este alargamento da escolaridade obrigatória até ao 12º ano...
Gato Fedorento: Isso também é uma cabala?
António Costa: Obviamente. É só para, depois, poderem dizer que o nosso Tino nem sequer tem a escolaridade obrigatória. Isso é mais um duro golpe no partido.
Gato Fedorento: E o que me tem a dizer sobre as críticas ferozes que José Lello, n’ O Independente deste fim-de-semana, fez à liderança de Ferro Rodrigues?
António Costa: Todos os anos, o José Lello tem por costume atribuir livros a algumas figuras políticas, não é? Ora, eu estive reunido com a direcção do partido e a obra literária que melhor retrata as reacções à entrevista é aquele livro do Saramago, “Todos os Nomes”. Aliás, o título do livro devia ser “Quase Todos os Nomes”, porque, por exemplo o Fefé, chamou ao Lello alguns que não constam da obra.
Gato Fedorento: E os seus colegas deputados que queriam que a presença na final da Taça UEFA fosse considerada como falta justificada? Já estão mais calmos?
António Costa: Não. Por acaso, pediram-me que fizesse um telefonema para pressionar o Mota Amaral. Claro que eu disse logo para não contarem comigo. Quem é que eles pensam que eu sou? Eu tenho uma coisa chamada ética: só pressiono magistrados.
Gato Fedorento: Mas esses deputados só pretendem que a falta seja justificada, certo?
António Costa: Não. Como o jogo foi a prolongamento, eles ainda querem receber pelas horas extraordinárias.
Gato Fedorento: Mas acha que assistir ao Porto-Celtic pode ser considerado trabalho?
António Costa: Eu acho que não. Ir ao estádio para ver o Porto jogar é um prazer. Ainda se eles tivessem ido ver um jogo a Alvalade, isso sim já podia ser considerado trabalho. E do árduo.
Gato Fedorento: Só por curiosidade, aprecia o futebol praticado pelo Porto?
António Costa: Muito. É uma equipa que faz em campo aquilo que eu faço no meu dia-a-dia político: pressiona muito.
MG
posted by Gato 11:39 da tarde

LÁ FORA COMO CÁ DENTRO, SEMPRE A DAR O LITRO! Acho mal que os deputados que foram assistir à final da Taça UEFA tenham falta injustificada. O meu ponto é o seguinte. Estes deputados foram a Sevilha fazer exactamente aquilo que é o seu trabalho: estar sentados num anfiteatro durante várias horas, sem fazer rigorosamente nada de produtivo. Não só não mereciam ter falta injustificada, como se devia arranjar uma forma de recompensar esta abnegação. TD
posted by Gato 4:44 da manhã

DO MAL, O MENOS: Como foi amplamente noticiado, houve um atentado bombista num concerto realizado em Moscovo, do qual resultaram dezenas de mortos. Apesar de tudo a tragédia podia ter sido maior, se a segurança não tivesse detectado as bombistas antes da explosão. Ou poderíamos mesmo ter assistido a um atentado de proporções nunca vistas se, por acaso, os Pólo Norte têm sido convidados a actuar. TD
posted by Gato 4:19 da manhã

I WANT MY MTV: Em boa altura começaram as emissões da MTV portuguesa. Isto porque, no canto superior esquerdo do ecrã, aparece agora um logótipo a dizer “Semana da Música”. Realmente, nos últimos dias, sempre que eu via um bocado da emissão da MTV estava invariavelmente a dar um teledisco. Tanto que eu pensei: não me digas que agora a MTV também dá música e assim! Então e as transmissões de futebol e os programas de culinária? Não posso acreditar que acabaram com isso tudo! Afinal não. A emissão portuguesa esclarece. Esta é a “Semana da Música” na MTV. Para a semana com certeza que volta a programação normal. TD
posted by Gato 4:07 da manhã

sábado, julho 05, 2003

METAMORFOSE: Quando Gromphado Rhina despertou, certa manhã, de um sonho agitado, viu que se tranformara, durante o sono, numa espécie monstruosa de ser humano. Adormecera como sempre, debaixo do frigorífico, onde vivia com os pais e a irmã, e agora dava consigo deitado numa cama. Permaneceu de costas mas, erguendo um pouco a cabeça, constatou, horrorizado, que vestia um fato de treino. À sua frente havia um televisor – que só ele poderia ter ligado – a transmitir a emissão da TVI. Em baixo, junto à mesa de cabeceira, jazia abandonado um jornal que fora, certamente, comprado por ele. Do sítio onde estava, Gromphado não conseguia ver que jornal era. Mas um pressentimento terrível dizia-lhe que se tratava d' O Independente. À direita, sobre a mesa, conseguiu perceber o seu nome num cartão de militante do PP. Soltou um grito e chorou. Procurou acalmar-se. Pensou um pouco. Os pais, que sempre haviam sido baratas dignas e honradas, assustar-se-iam com a sua nova morfologia. Quando o percebessem espectador da TVI, recusar-se-iam a vasculhar os restos das suas refeições. Mas mal soubessem que se tinha feito militante do PP, haviam de precipitar-se para a lata de Sheltox na tentativa de pôr fim à vida. (continua) RAP
posted by Gato 6:50 da tarde

quinta-feira, julho 03, 2003

PARABÉNS A QUEM? Parece que na terça-feira passada se comemorou uma efeméride qualquer no Sporting. Mas, afinal, quem é que fez 97 anos? O Sporting Clube de Portugal ou o Dias da Cunha? TD
posted by Gato 12:42 da manhã

SERÁ QUE... As bailarinas da dança do ventre têm problemas de gases? ZDQ
posted by Gato 12:27 da manhã

NELO: Tenho ouvido muitos comentários de satisfação, por o Nelo Vingada não ir para o Real Madrid. Quase todos referem a foleirice do treinador português, e o modo como ele ia envergonhar o país. Compreendia estas reacções se se estivesse a falar da ida do Nelo para o palácio de Buckingham, assessorar a Rainha. Mas, poça, o homem é treinador de futebol e ia para um clube de futebol, onde os dirigentes de futebol talvez vistam mais caro, mas o Valdano tem o cabelo que tem. Ia treinar jogadores de futebol que só não dizem “prontos” e “hádem" porque não falam português. Dão as calinadas na língua deles. “Nono Ano” pode ter outro nome qualquer em Espanha, mas, seja qual for, não deixa de significar os mesmos nove anos de escolaridade. ZDQ
posted by Gato 12:26 da manhã

quarta-feira, julho 02, 2003

FRUTA: Quando eu digo que como fruta, atenção: é o pêssego. O pêssego é a única fruta à homem, porque tem pêlo. ZDQ
posted by Gato 7:13 da tarde

AINDA SOBRE O ESTUDO CIENTÍFICO QUE AFIRMA QUE OS SEMELHANTES SE ATRAEM: Eu só como saladas e grelhados (às vezes arrisco numa frutinha); a minha escritora preferida é a Isabel Allende; o meu maior desejo é o fim das guerras e da fome e da droga e do ódio entre povos; vomito amiúde.
No entanto, nunca andei com uma modelo. Esse estudo é uma fraude. ZDQ
posted by Gato 7:10 da tarde

EM BREVE ESCREVEREI AQUI UM POST: Depois da soberba obra que fez na Figueira da Foz (plantação de duas palmeiras na Avenida Marginal Oceânica), Santana Lopes está a fazer história em Lisboa. Que eu saiba, é o único político do mundo que continua em campanha eleitoral já depois de ter ganho as eleições. Em toda a cidade há cartazes com promessas deste tipo: “Em breve existirá aqui um jardim”, “Em breve o problema deste cruzamento será resolvido”, “Em breve cortarei o cabelo da nuca e terei finalmente um penteado aceitável e digno” (está bem, esta última é mentira. Mas um homem pode sonhar, ou não?). O fenómeno é de tal ordem que os próprios cartazes passaram a ser um acontecimento. Integraram-se na paisagem da cidade, fazem companhia e já não passamos sem eles. Não me surpreenderia se começassem a aparecer cartazes com a promessa: “Em breve será aqui colocado um cartaz a dizer coisas”.
Na zona das Amoreiras, onde passo com alguma frequência, está um cartaz que diz: “Em breve será aqui construído um túnel”. Gostava de poder acompanhar, através dos cartazes, a evolução da obra. Num dia, um cartaz a dizer: “Olha, olha: começam a chegar os primeiros operários”. Umas semanas depois, outro: “Ui, que buraco tão grande!” E por aí fora. Finalmente, estou a torcer para que Santana seja eleito Presidente da República. Anseio por ver o país semeado de cartazes que digam: “Para a semana irei visitar o chefe de Estado da Hungria” e “Amanhã à tarde sou capaz de vetar um projecto de lei”. O Diário da República em formato 10x15 metros. Aqui está um desígnio nacional. RAP
posted by Gato 1:19 da tarde

AS FAMÍLIAS AGRADECEM À TVI: Graças às novelas Saber Amar e Ana e os 7, quando hoje em dia se pergunta a uma rapariga de 5 anos quais são as suas aspirações profissionais, a resposta é quase sempre a mesma: “Quando for grande, quero ser veterinária de golfinhos e stripper”. MG
posted by Gato 1:01 da tarde

EU TENHO UM SONHO: Nutro profunda antipatia pela causa de Canas de Senhorim. A sua elevação a concelho é um prémio à frivolidade política e à algazarra lorpa. Resta-me a esperança de que a decisão seja revogada ou - deixem-me sonhar mais alto! - que Canas de Senhorim, no espaço de pouco tempo, passe de concelho a freguesia, de freguesia a vila, de vila a rua, de rua a ruela e, finalmente, de ruela a beco escuro, sem saída, e mal-afamado. MG
posted by Gato 12:57 da tarde

VALENTINA E ARMANDO SOBEM 3 POSIÇÕES: A Sky One actualizou o ranking dos casais mais atractivos do mundo, que agora está organizado da seguinte forma:

1º Jennifer Aniston / Brad Pitt
2º Vitoria Beckham / David Beckham
3º Jennifer Lopez / Ben Affleck

587.346.455º Valentina Torres / Armando Gama. TD

posted by Gato 12:59 da manhã

É CIENTÍFICO: OS IGUAIS ATRAEM-SE: Hoje há festa rija na Universidade de Cornell, em Nova Iorque. Vai ser a grande folia até praticamente à meia-noite. Este é o dia em que os cientistas acreditam que, em nome do estudo, vale a pena ser virgem aos 35 anos. E tudo isto porquê? Porque, precisamente na mesma altura em que uma equipa da tal Universidade de Cornell publicou um estudo que contraria a velha máxima de que “os opostos se atraem”, comprovando cientificamente que a pessoa tende a aproximar-se mais de quem é mais parecido consigo, surgiu a prova irrefutável desta teoria. Conta a CNN que estava a Primeira-dama norte-americana, Laura Bush, a participar num chat do site da Casa Branca, quando uma criança a convida para ir jantar lá a casa no 4 de Julho. A Sra. Bush responde que infelizmente não pode, porque a data coincide com os preparativos da festa de anos do Presidente, e acrescenta:

I've invited friends for his party and to watch the fireworks from the Truman Balcony. It is a surprise, shhhhhhhhh. TD

posted by Gato 12:14 da manhã

terça-feira, julho 01, 2003

O HOMEM ABRANGENTE: Arrepia-me pensar que, se Ferro Rodrigues abandonar a liderança do PS, João Soares está na primeira linha para o substituir. Perguntam-me vocês, mas quem mais estará à altura do cargo? É simples: Miranda Calha. Há muito que venho dizendo que este é o único político socialista capaz de ir buscar votos ao PCP e ao PSD, ao mesmo tempo. É que basta olhar para Miranda Calha para ver que ele tem uma grande facilidade em piscar o olho, tanto à esquerda, como à direita. MG
posted by Gato 10:47 da tarde

ALGUM RIGOR, PEDRO: Pedro Lomba comete dois erros grosseiros no mesmo post. Em primeiro lugar, ousa zombar de um homem com o prestígio de um Professor Neca (só Professor, para os amigos). Em segundo lugar, comete uma gaffe protocolar gravíssima ao demonstrar que não se encontra minimamente a par dos últimos feitos académicos do docente. É que, desde Janeiro, ele é o Professor Doutor Neca. Haja respeito, que diabo! MG
posted by Gato 10:43 da tarde

JÁ FALTOU MAIS: Depois dos artigos sobre a blogosfera no DN, no Público, na Visão e no Diário Económico consulto o Jornal das Regiões e A Dica da Semana para ver se, também eles, trazem reportagens de fundo sobre o fenómeno. Há-de chegar o dia. MG
posted by Gato 10:38 da tarde

COINCIDÊNCIA? NÃO ME PARECE: A propósito do sobrinho do Isaltino, quero revelar que considero o povo suíço, apesar da sua aparência civilizada, um dos mais corruptos de todo o mundo. Sempre achei muito suspeito o facto de todos os suíços, sem excepção, terem uma conta na Suíça. MG
posted by Gato 11:53 da manhã

SOLIDARIEDADE FOGAREIRA: O Gato Fedorento quer anunciar que está solidário com a luta dos taxistas. Basta atentar no património, por exemplo, do sobrinho do Isaltino de Morais e compará-lo com o dos taxistas em Portugal para termos uma ideia de como a profissão é um milhão de vezes mais rentável na Suíça. Ora, tal disparidade é inadmissível. MG
posted by Gato 10:55 da manhã

PUBLICIDADE ENGANOSA: Perdi a confiança no Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. Consulto o termo silicone: “substância plástica cujas moléculas são formadas de átomos de silício e de oxigénio e que é usada em grande escala no fabrico de tintas e vernizes e como isolador térmico”. Fim de definição. E a capa ainda apregoa que se trata da versão actualizada. É certo que se menciona o silicone que isola. E o outro, que atrai? MG
posted by Gato 10:52 da manhã

COINCIDÊNCIA COMPROMETEDORA: Acabado de chegar de férias, constato que, precisamente na semana em que me ausentei do país, o Gato Fedorento registou valores recorde de visitantes – mais de mil em alguns dos dias. Enfim, resta-me renegociar o meu contrato de forma a garantir que na próxima época sou emprestado a um blog estrangeiro. TD
posted by Gato 2:32 da manhã

segunda-feira, junho 30, 2003

PREOCUPANTE: Lamento ser o portador de más notícias, mas neste momento estão à venda nas nossas livrarias 4 (quatro) livros do Miguel Ângelo dos Delfins. Confesso que, sempre que vejo mais um livro do Miguel Ângelo à venda, fico com inveja dos americanos. É que, nos Estados Unidos, as vedetas do rock morrem cedo. E essa é uma característica que eu aprecio num artista. Acho uma atitude muito higiénica.
Caro Miguel Ângelo, há uma década e meia que estás a dever-nos a todos uma overdose. Vê lá isso, pá. RAP
posted by Gato 3:34 da manhã

VOLTA A FRANÇA EM COMPRIMIDOS: Soube pelo Francisco Amaral que está prestes a começar o Tour. A luta pela camisola amarela promete ser renhida, e só no último dia da competição saberemos quem foi o ciclista que teve a força de vontade, a audácia, e a inteligência de tomar os melhores anabolizantes. RAP
posted by Gato 3:31 da manhã

INTRIGA NO MUNDO DOS DOURADINHOS: Depois da polémica sobre o bifidius activo, o Miguel Góis volta a chamar aqui a atenção para um problema que os media têm ignorado ostensivamente. O silêncio dos nossos principais colunistas em relação a esta matéria tem sido, de resto, ensurdecedor (estou a falar de si, Pacheco Pereira). Refiro-me, como já perceberam, à questão do Capitão Iglo. O Miguel, embora tenha denunciado – e bem – a existência de dois Capitães Iglo, passou, quanto a mim, ao lado da questão essencial: a progressão na carreira do Capitão Iglo. O Capitão Iglo é capitão desde 1939. Ora, isto é um escândalo nacional. O congelamento da carreira do Capitão Iglo (e reparem na fina ironia do destino: um homem que tanto fez pelos congelados tem agora a carreira congelada) é um caso ímpar nas forças armadas portuguesas. Devo lembrar o exemplo de um Coronel Tapioca, que há menos de uma década não passava de um sub-tenente Tapioca? Todos sabemos que, em circunstâncias normais, o Capitão Iglo seria, neste momento, o Contra-Almirante Iglo – no mínimo. E todos sabemos, também, a razão pela qual o nosso ministério da Defesa impede que o Capitão Iglo atinja a patente que merece: o Capitão Iglo foi uma figura central na revolução que derrubou o regime das ervilhas congeladas e instaurou o regime da macedónia, em que um pedacinho de cenoura ou um feijão verde têm os mesmos direitos que uma ervilha – e ainda hoje há ranger de dentes no Largo do Caldas por causa disso. Posto isto, uma vez mais reclamo: dr. Paulo Portas, demita-se. RAP
posted by Gato 3:19 da manhã

RECORD NEGATIVO: Na sua edição de sábado, o Record, na última página, tem uma cronologia. Ficamos por exemplo a saber que, a 28 de Junho de 1919, foi assinado o Tratado de Versalhes; nesse dia, mas em 1979, os países da OPEC concordaram implementar um sistema mais rigoroso para o preço do petróleo; finalmente, a 28 de Junho, mas de 2001, ocorreu a transferência de Delfim, do Sporting para o Marselha.
Não tenho nada a opor quanto às duas primeiras efemérides (além disso, não me interessam), mas posso jurar que a transferência do Delfim ocorreu a 27, e não a 28 de Junho. O Record devia ter cuidado para não se enganar com estas informações importantes. Como é que é? E se, amanhã, eu entro numa discussão com alguém sobre este assunto, lanço a carta da transferência do Delfim a 28, sou desmascarado, perco toda a credibilidade e sou esmagado pela argumentação contrária? Poça, Record! ZDQ
posted by Gato 1:59 da manhã

FIXEM ESTE NOME: José Cesário. Segundo o Público de sábado, um ex-agente da PIDE chamado Artur Cabugueira estava na iminência de ser condecorado pelo Estado português. Diz o jornal que “a proposta foi apresentada pelo actual secretário de Estado das Comunidades, José Cesário”. Quando o jornalista Nuno Sá Lourenço confrontou o secretário de Estado com o passado sinistro de Artur Cabugueira, José Cesário respondeu: “É preciso documentarmo-nos sobre o tipo de funções que exercia, se estamos a falar de um operacional ou de um administrativo.” Este pensamento encanta-me porque sugere que, se Cabugueira foi um operacional, não levará a comenda, mas se foi “só” um administrativo, poderá ser condecorado. Faz sentido: suponho que os administrativos da PIDE se limitavam a marcar as viagens dos anti-fascistas para o Tarrafal, fazer o planeamento do serviço dos agentes, para evitar sobrecarga horária (um PIDE cansado bate com menos força), e ir até ao Aki comprar ferramentas para as sessões de tortura. Nada de especial. E o mais provável é que fosse um trabalho complicado, porque os gritos dos prisioneiros torturados na sala ao lado deviam dificultar a concentração.
Só mais uma coisa: até agora, não consta que José Cesário tenha cessado funções. RAP
posted by Gato 1:39 da manhã

Powered by Blogger

 

Um blog com opiniões, nenhuma das quais devidamente fundamentada. Mantido por: Tiago Dores, Miguel Góis, Ricardo de Araújo Pereira e Zé Diogo Quintela. E-mail: gatofedorento@hotmail.com

Past
current