Gato Fedorento

domingo, maio 18, 2003

MAIS MALTA: Com algum atraso, aqui vão mais boas vindas à blogosfera - isto é giro, chegámos há duas semanas e já damos boas vindas e divulgamos. À Piolheira, ao Ponto e Vírgula, ao Meu Pipi, aos Paletós, ao Tanga Man e à República das Bananas. Como diria RAP, "go check it out". PS - reparem como, higienicamente, separei, com um ponto e vírgula, a Piolheira do Meu Pipi. ZDQ
posted by Gato 4:32 da tarde

ILDA FIGUEIREDO: Na RTP2, Ilda Figueiredo diz que a Europa se encontra numa corrida às armas, contra os EUA. Eu tenho um pedido a fazer à Ilda Figueiredo: o nome e o número de telefone do seu dealer, se faz favor. ZDQ
posted by Gato 3:39 da tarde

ALWAYS LOOK ON THE BRIGHT SIDE OF LIFE: Faço um esforço para retirar algo de positivo dos acontecimentos de sexta-feira à noite, em Felgueiras, e chego a uma conclusão: gosto mais dos novos óculos de Francisco Assis. MG
posted by Gato 11:36 da manhã

EM MONSANTO, NADA DE NOVO: É de louvar o facto da Câmara Municipal de Lisboa querer remodelar o Parque de Monsanto para chamar os lisboetas a esse espaço privilegiado da capital. Não sei é se o lema escolhido, “Monsanto é pura diversão”, transmite esta ideia de renovação. Sim porque, é impressão minha ou os lisboetas já iam ao Parque de Monsanto basicamente para terem uns momentos de pura diversão? TD
posted by Gato 3:40 da manhã

“E ACABOU DE SAIR A BOLA COM O NÚMERO... 0?”: Apreciei imenso a festa de homenagem ao Carlos Ribeiro pelos seus 30 anos de carreira. Agora, fiquei muito decepcionado por não ter havido sequer uma referência àquele que foi, sem dúvida, o momento mais alto de tão longo e brilhante trajecto profissional: o célebre sorteio do Totoloto em que saiu a bola com o número 0! Enfim, resta-me ficar a contar os dias para a festa dos 60 anos de carreira do Carlos Ribeiro para ver o erro corrigido. TD
posted by Gato 3:04 da manhã

sábado, maio 17, 2003

FELGAYRAS: Os jornais de amanhã, a propósito da notícia da turbamulta de valentões que agrediu um homem indefeso, vão com certeza fazer trocadilhos com o facto de a palavra Felgueiras conter em si a palavra "Fel". Para mim, faz muito mais sentido notar que Felgueiras contém a palavra "Gay". ZDQ
posted by Gato 8:17 da tarde

UMA MÃO LAVA A OUTRA: Portugal venceu o Europeu de Sub-17. Já esqueci o desaire da Coreia. MG
posted by Gato 6:37 da tarde

SE CONDUZIR, NÃO COMA: Em Espanha, prepara-se uma lei, segundo a qual o vinho é um alimento e não uma mera bebida alcoólica. Se algum dia essa lei entrar em vigor em Portugal, nós saltamos imediatamente para o topo da lista dos países mais bem alimentados do mundo. MG
posted by Gato 6:36 da tarde

UM POUCO MAIS QUE QUINZE MINUTOS DE FAMA: Sr. Andy Warhol, é capaz de me explicar como é que alguém como o Carlos Ribeiro é capaz de estar há 30 anos na ribalta? É impressão minha ou a fama dele devia ter acabado há precisamente 29 anos, 364 dias, e vinte e três horas e quarenta e cinco minutos? MG
posted by Gato 6:32 da tarde

SABER PERDOAR: É nestas alturas que se nota que Portugal é um país católico. Hoje, a TVI está a homenagear Carlos Ribeiro, pelos seus 30 anos de carreira. Ora, toda a gente sabe que Carlos Ribeiro dedicou grande parte da sua vida a divulgar a música portuguesa. Mas, aparentemente, toda a gente está disposta a pôr uma pedra sobre esse assunto e isso é bonito. Afinal de contas, toda a gente merece uma segunda oportunidade. MG
posted by Gato 5:11 da tarde

sexta-feira, maio 16, 2003

ASSIS NÃO!: Realmente, os socialistas - e a esquerdalhada em geral - não sabem exercer autoridade. Então este Assis, que é líder, em vez de mandar a canalhada da Câmara de Felgueiras ir ter com ele ao Porto, desloca-se até casa deles? Meu amigo, um chefe não vai, um chefe manda vir. ZDQ
posted by Gato 11:39 da tarde

FELGUEIRAS: Porra! Esta maltosa de Felgueiras nem sabe fazer um linchamento como deve ser! Se Felgueiras fosse um sítio à séria, o Francisco Assis não tinha andado os metros que andou só com alguns labregos a oferecer porrada (de longe), caldos incipientes (de raspão) ou um tiro certeiro com um saco do lixo (???). Num sítio à séria, o Francisco Assis estaria, no mínimo, coberto com alcatrão e penas. Noutras latitudes, atrevo-me mesmo a dizer que teria um pneu em chamas à volta do pescoço. Num sítio à séria a GNR, quando chegou, tinha malhado com os bastões nas costas de uma ou duas dúzias de "populares". Num sítio à séria, a autarca foragida não punha a hipótese de voltar - já tinha casa montada em Ipanema de onde gozava com o país. Catano... Esta maltosa de Felgueiras não acerta uma. ZDQ
posted by Gato 11:37 da tarde

EXPLICAÇÃO CIENTÍFICA PARA FELGUEIRAS: É verdade que na província há muita gente boa e sã. Mas não é menos verdade que há lá também uma enorme abundância de primos direitos a casarem entre si. RAP
posted by Gato 11:29 da tarde

NÃO TENS SACO AZUL? ENTÃO, TOMA: Acabei de ver as imagens das agressões a Francisco Assis. Será muito difícil, em termos logísticos, pegar em toda a população de Felgueiras e transportá-la, também ela, para o Rio de Janeiro? MG
posted by Gato 11:24 da tarde

NEM CAVACO, NEM GUTERRES: Francisco Assis é o próximo presidente da República. Não é preciso procurar mais. Em 86, Soares ganhou por ter levado uma bofetada na Marinha Grande. Hoje, em Felgueiras, Assis encaixou, que eu tivesse visto, seis sopapos, 19 calduços e levou com um saco de lixo. Vai ganhar largo. RAP
posted by Gato 11:24 da tarde

NOVELAS:Desde a já mítica “Vila Faia”, a telenovela portuguesa evoluiu muito, a todos os níveis. Cada vez mais se aproxima da qualidade da telenovela brasileira – embora isso se deva, provavelmente, à qualidade descendente do produto brasileiro.
Hoje em dia é uma indústria poderosa, responsável por um grande boost na economia. Por exemplo, de cada vez que a NBP faz uma novela, em Londres abre um novo workshop de representação, para receber mais uma fornada de modelos e apresentadores de televisão. É a chamada globalização.
Apesar disso, e apesar de todas as inovações, há uma coisa que os portugueses teimam em fazer mal. Falo das cenas de discoteca. Não sabemos fazer.
Fazemos boas cenas de castração (Caniço a correr nu pela praia, na “Chuva na Areia”), boas cenas de futebol (o corte de cabelo do mano do Tozé Martinho, que era giga da bola, nas “Palavras Cruzadas”, era digno de um Pietra) e boas cenas de deficientes (a Glória de Matos entrevadinha – e má! – numa novela que agora o nome me escapa). Mas não fazemos boas cenas de discoteca.
Invariavelmente, os protagonistas dançam a um ritmo diferente da música que estamos a ouvir. Acho que os actores portugueses têm de fazer um maior esforço. Se são artistas, devem conseguir dançar e representar ao mesmo tempo. Além disso, segundo as revistas, os tempos livres deles são passados, precisamente, em discotecas. É só dar uns lamirés ao realizador. ZDQ

posted by Gato 9:56 da tarde

Ó MARGARIDA SOUSA UVA, A CULPA É DO PAULO COELHO!: Descobri que padeço de uma maleita parecida com a que aflige a mulher do Primeiro-Ministro. Hoje, ao ler a crónica do Paulo Coelho na Lux - sim, ou julgavam que a Lux era só mais uma revista mundana? Não! Também tem cultura! - descobri que sofro de Fadiga ao ler certo tipo de Crónica. Em breve espero postar mais sobre o homem que terá dado à Maria João Lopo de Carvalho a ideia de que também ela podia ser escritora.ZDQ
posted by Gato 7:50 da tarde

ÁGUA DO ESCOCÊS: Tomei uma decisão. Nunca mais bebo Água do Luso. Sabe-me a capital estrangeiro. MG
posted by Gato 12:40 da tarde

PORTUGAL DEVIA SER AINDA MAIS POBRE: Com a introdução do euro, passei a ter tantas moedas nos bolsos, que começo a achar que há poucos mendigos e arrumadores de automóveis em Lisboa. MG
posted by Gato 11:04 da manhã

ENGANO ÓBVIO: Não percebo a polémica em torno do filme pornográfico que circula na Internet em que a vedeta é, supostamente, a Fernanda Serrano. Claro que aquela não é a Fernanda Serrano! Eu já vi vários episódios da novela da TVI, Amanhecer, e posso garantir que o desempenho da Fernanda Serrano no papel de prostituta não chega aos calcanhares do da protagonista da película que circula na Internet. TD
posted by Gato 10:40 da manhã

REMODELAÇÃO: Durão Barroso acaba de anunciar a substituição de Miguel Cadilhe por Fátima Felgueiras à frente da Agência Portuguesa do Investimento (API). Isto faz todo o sentido, tendo em conta que um dos principais objectivos da API é evitar a saída do investimento do nosso país e que, no panorama político nacional, não há ninguém que domine melhor esta questão das fugas para o estrangeiro que a Fátima Felgueiras. TD
posted by Gato 9:56 da manhã

CÉREBRO EM PILOTO AUTOMÁTICO: Encontro, numa esplanada, um amigo afecto ao Bloco de Esquerda (que calhou estar a ler um livro do Chomsky: ele há coisas!) e, provocatoriamente, digo: “Vinha agora a ouvir na rádio que os Estados Unidos vão intervir militarmente no...”. Não consigo prosseguir com a pilhéria, porque ele interrompe-me e diz, assanhado: “Estou contra essa guerra.” MG
posted by Gato 12:15 da manhã

quinta-feira, maio 15, 2003

NÃO TENS MAIS TIOS?: Edson Athaíde está de volta ao DN com as suas crónicas. Todas elas têm o seu encanto, mas a minha preferida é aquela em que ele fala do seu Tio Olavo. Estão a ver qual é? MG
posted by Gato 10:31 da tarde

FADIGA: Passo, distraidamente, os olhos pela banca dos jornais e das revistas e o seguinte título salta-me à vista: “Durão Barroso com fadiga”. Fico indignado. Como pode lá isso ser? Mas o que é que o primeiro-ministro tem feito, neste último ano, para justificar o súbito cansaço? Olho com mais atenção e constato que, afinal, o título completo é: “Mulher de Durão Barroso com fadiga”. Assim, já faz algum sentido. MG
posted by Gato 10:29 da tarde

VOCÊ ESTÁ A SINTONIZAR A FMI: Ainda a propósito de Fundo Monetário Internacional, enquanto petiz, achava que FMI era uma estação radiofónica que passava má música, tal era o ódio que os meus pais lhe tinham. MG
posted by Gato 11:00 da manhã

A FACTURAR À CONTA DA DOENÇA DOS OUTROS: As empresas portuguesas estão a beneficiar do alastramento da pneumonia atípica na Ásia. Confirma-se assim o prognóstico feito pelo FMI, aqui há uns anos, sobre a evolução da nossa economia: “a não ser que se verifique uma calamidade a nível mundial, a economia portuguesa não sobreviverá”. MG
posted by Gato 10:57 da manhã

NÃO SEJAMOS PEQUENINOS: Enquanto a comunicação social agita-se com as eleições presidenciais de 2006, nós aqui no GATO FEDORENTO temos vistas um pouco mais largas. Por isso, estamos já a lançar a discussão pública sobre quais o(s) melhor(es) candidato(s) às presidenciais de 2031. Eu afianço que é Nani, o filho da minha porteira, que, aos 5 meses, já gatinha. E até já possui um precoce sentido de conveniência política e tudo. Às minhas insistentes tentativas de lhe arrancar uma declaração que confirme o seu propósito em candidatar-se, responde com silêncio e com uma expressão de quem não percebe de que é que lhe estão a falar. Tal e qual como os eventuais candidatos a 2006. Coincidência? Acho que não. MG
posted by Gato 10:54 da manhã

quarta-feira, maio 14, 2003

TROCADILHO MANHOSO: Por falar em “Sexto Sentido”. A apresentadora chama-se Rita Stock. “Stock” quer dizer acção. Mas de acção ela não tem nada, é mesmo muito paradinha... ZDQ
posted by Gato 11:09 da tarde

SEXTO SENTIDO: Aquela brancura... Aquela luminosidade... Aquela decoração minimalista... As mulheres a fazerem conversa de chacha no sofá... Quando vejo o “Sexto Sentido”, na SIC Mulher, estou sempre à espera que comece a tocar música manhosa, entre por ali um canalizador e aquilo se transforme num filme pornográfico. ZDQ
posted by Gato 11:01 da tarde

HÁ MESMO VIDA INTELIGENTE (E CARIDOSA): Há praí uns dez anos, Tó Leal (um dos protegé de Júlio Isidro - ou, juntamente com Isabel Campelo, Marco Quelhas e outros, um dos Isidro's Boys) cantava assim:
"Aqui já não dá
Aqui já não dá
Que apareça um alien divino
E nos leve p'ra lá!"

Sucede que não ouço falar do Tó Leal há que tempos. Obrigado, Sr. ET. ZDQ
posted by Gato 10:57 da tarde

COSTA RIBAS, O FARSANTE: A propósito do atentado de ontem na Arábia Saudita, vi, na Sic Notícias, o Luís Costa Ribas a relatar de Washington. Devo dizer que há já algum tempo que não confio neste senhor. Mais precisamente, desde que descobri que quando ele reporta em directo da América, o que aparece é uma fotografia dele! Eu que julgava que era o Costa Ribas que conseguia manter a sua cara de seriedade durante toda a intervenção! Senti-me traído. “Urso!”, dizem os leitores. “Ingénuo!”, declaram as leitoras. “Bambino!”, exclama o leitor italiano. A verdade é que nunca mais consegui confiar nele. ZDQ
posted by Gato 10:43 da tarde

NÃO CHATEIEM OS MORTOS, PÁ!: O Público escreve: "Al Qaeda provoca dezenas de mortos". Agora vejam bem a maldade desta gente! Um morto, por definição, é alguém que não reage, está para ali deitadinho. Para o provocar, é preciso ser mesmo muito má rês. Sim, porque não basta andar de volta dele a fazer barulhinhos para o acordar, ou a cantar yodel, ou a passar à frente da televisão mesmo no momento do golo (e ainda mais, no da repetição). Estes são estratagemas normais, usados para provocar alguém. Mas para um morto é preciso bem mais do que isto. Imaginem para dezenas de mortos! Estes gajos da Al Qaeda são maus como as cobras! Esta é uma das mais de duzentas razões pelas quais eu apoio os americanos na guerra ao terrorismo. ZDQ
posted by Gato 10:41 da tarde

UM CASINO RELIGIOSO: Excerto do último discurso do Papa João Paulo II: “Deus é como o Casino de Lisboa: está em todo o lado”. MG
posted by Gato 7:57 da tarde

TEORIA E PRÁTICA: Vai sair brevemente (ou já saiu, mas a maior parte das livrarias preferiu pôr no expositor o “Quem mexeu no meu queijo?” de Daniel Campelo) a biografia de Martha Freud, a mulher do pai da psicanálise. Ao que parece, a psicanálise teve imensos irmãos. Em apenas oito anos, Martha deu à luz por seis vezes. Ora, isto vem dar razão à crítica mais feroz que se costuma fazer a Freud e às suas teorias: realmente, ele só pensava em sexo. Mas, pelo menos, agora sabemos que, quando tratava o assunto, fazia-o com autoridade. MG
posted by Gato 9:27 da manhã

CHANTAGEM ELEITORAL: Numa altura em que se fala em Santana Lopes como um dos potenciais candidatos às presidenciais de 2006, quero anunciar que estou disposto a dar-lhe o meu voto, mas com uma condição: a de ele doar à Deutsche Gramophon, sem qualquer contrapartida financeira, as pautas originais com os concertos para violino de Chopin, que o presidente da Câmara de Lisboa tem guardadas em casa, já há uns anos. MG
posted by Gato 9:24 da manhã

ESCANDALEIRA E O CABELO DA WANDA STUART: O RAP já aqui se referiu ao programa “Escândalos & Boatos”, da SIC, mas eu sinto-me na obrigação de também o fazer. Em primeiro lugar, para dar os parabéns à SIC pela coragem que demonstra ao ter um programa destes no ar. Principalmente, se tivermos em conta que muitos destes “escândalos” (e também “boatos”) foram e são criados e explorados por outros programas da estação – desde os noticiários, passando pelo saudoso “Noites Marcianas” (ah, Serginho, onde andas tu?) até aos programas da tarde, entre outros. Há que louvar a imparcialidade da linha editorial da SIC: lança a lama, mas também ajuda a limpá-la.
Em segundo lugar, para saudar esse grande profissional da comunicação que é o José Figueiras, um homem que mantém a mesma seriedade, seja de calções a cantar o yodel (género em que, não há dúvidas, é o melhor executante do país) ou a perguntar ao João Baião se é verdade que ele é homossexual. Sempre sério. Mais do que um grande vulto da canção ou da apresentação, é um grande profissional.
Bem, o programa em questão é o que agora terminou. Estavam lá os Novos Excesso. Confesso que não ouvi o escândalo (ou boato, já não me lembro) que eles queriam rectificar. De qualquer maneira, não posso deixar de elogiar o agente destes rapazes. Dá-me gozo ver Portugal ser o primeiro a fazer uma coisa que considero original. Confesso que nunca percebi como é que, por exemplo, depois dos Beatles se separarem, ninguém pegou no nome deles. O Sting, se fosse esperto, em vez de chamar Police à banda dele, podia ter chamado New Beatles. Depois, quando os Police se separaram, sei lá, os Radiohead vinham, e pimba!, chamavam-se And yet again... The Beatles! Só espero que quando estes rapazes se separarem e atingirem o patamar de sucesso e talento dos antigos Excesso, haja vontade e imaginação para se fazerem os terceiros Excesso. Eu apostava em Os Excesso Contra-Atracam.
Como dizia - antes de me perder pela beleza da música nacional - a única coisa que prestei atenção no programa foi nas perguntas que passavam em rodapé, sobre escândalos (ou boatos) a explorar na segunda parte: “a Wanda Stuart teve relações sexuais numa casa de banho pública?” e “a Wanda Stuart teve relações homossexuais?” Confesso que não vi o programa depois do intervalo. É que, ao mesmo tempo no Canal Saúde estava a passar o episódio “Herpes Total”, da série Doenças Que Desfiguram. A decisão foi difícil, mas como ainda só tinha visto esse episódio uma vez, decidi-me pelo herpes.
Isto tudo para pedir a um dos leitores amigos que, se tiver assistido ao programa até ao fim, me diga as respostas às perguntas sobre a Wanda Stuart. Antes de as saber, deixo aqui um palpite. Sobre o sexo em casas de banho públicas, acho que sim. E com frequência. Cheira-me que o cabelo da Wanda é daquela cor de tanto ser esfregado em pias recém limpas com Harpic (o Gel Fresh, que é azul). Quanto às relações homossexuais, tenho as minhas dúvidas. A Wanda Stuart tem uma voz poderosa, masculina, e participa amiúde em shows de transformismo. Mas eu acho errado pôr rótulos nas pessoas por dá cá aquela palha. ZDQ

posted by Gato 12:41 da manhã

terça-feira, maio 13, 2003

CORREIO: De Pacheco Pereira, recebemos o seguinte e-mail:
Purque é que vossês estãu çempre a qriticar o meu purtoguês? Ão-de pagálas, ceus çacanas!
Paxecu Peraira

RAP
posted by Gato 2:25 da tarde

DOU O BRAÇO A TORCER: Na revista Ensino Magazine (publicação que não dispenso), Pacheco Pereira diz que “é preciso aumentar os standards de qualidade do nosso ensino”, e acrescenta que “este é um problema de fundo, até porque o que funciona mal, é o mais importante, como a primeira língua, ou seja, o Português”.
No seu blog, Pacheco Pereira escreve: “delas saiem vários gases”, “sistemáticamente”, etc.
É histórico: pela primeira vez na vida, estou de acordo com Pacheco Pereira. RAP
posted by Gato 1:24 da tarde

ÉS MEU, AVÔ: Politicamente, Marcelo Rebelo de Sousa suicidou-se no último Domingo, em directo na TVI. Para quem não viu, estava Marcelo a fazer a sua ronda habitual pelos livros da semana, quando saca do “És Meu!” de Rita Ferro e comenta: “Um livro muito interessante”. Este é o tipo de fragilidade que, em tempos de campanha eleitoral, os opositores desenterram e exploram até à exaustão, argumentando – e com razão – que tais gostos literários não prestigiam a classe política. Pessoalmente, cada vez que vejo uma obra de Rita Ferro nas livrarias sinto (involuntariamente) saudades dos tempos em que o avô dela, António, andava de lápis azul, a censurar livros. MG
posted by Gato 12:58 da manhã

BRAGANÇA VS FELGUEIRAS: Do nosso leitor João CC: “É incrível como é que não analisaram a ida de Fátima Felgueiras para o Brasil como uma resposta das “Mães de Bragança” as meninas brasileiras desviantes de maridos inocentes.”
De facto, caro João, a questão que levanta é deveras pertinente. Nós próprios (ambos os quatro) já tínhamos pensando nisto. Só que, de vez em quando, gostamos de ver se os nossos leitores estão atentos. Ok, isto é falso. O que se passa é que estou irritado por não me ter lembrado antes disto. O que o João diz é possível. E faz sentido. Por várias ordens de razões:
Primeira ordem de razões: a Fátima Felgueiras tem sacos azuis. Por seu lado, as brasileiras, segundo as “Mães de Bragança”, fazem mezinhas que deixam os homens com os sacos azuis.
Segunda ordem de razões: as brasileiras “põem a cabeça dos homens a andar à roda”. Já a Fátima Felgueiras – e isto é um supor – tem ar de ser uma leoa na cama . (Sei que esta segunda ordem de razões não faz sentido, mas ela tem mesmo esse ar).
Terceira ordem de razões: a Fátima Felgueiras tem dupla nacionalidade. As brasileiras, por sua vez, praticam a dupla penetração.
Quarta e última ordem de razões: as brasileiras querem fazer algum dinheiro em Portugal para depois voltar para o Brasil. A Fátima Felgueiras já fez isso.
Por enquanto, são estas as ordens de razões que alvitro. Mande sempre, João. Um abraço. ZDQ

posted by Gato 12:30 da manhã

segunda-feira, maio 12, 2003

AINDA BRAGANÇA: Acho que sei porque é que os machos bragantinos correm loucos atrás das brasileiras. Deve ter alguma coisa a ver com o facto de sempre se dizer que o povo brasileiro é irmão. ZDQ
posted by Gato 11:53 da tarde

ISSO NÃO É COMO OS ÓSCARES, ZÉ: Os detractores de José Saramago acusam-no de escolher os temas dos seus livros de acordo com o que está na moda. “Memorial do Convento”, durante a época de ouro dos romances passados no período medieval (por exemplo, “O Nome da Rosa”); “Jangada de Pedra”, em pleno debate sobre a adesão de Portugal e Espanha à CEE; e, agora, “Homem Duplicado”, no apogeu da discussão sobre os perigos da clonagem. A minha resposta a tais indivíduos é a seguinte: isto não é oportunismo, é ambição. Não percebem que o Saramago continua a abordar temas da moda, porque está a ver se consegue ganhar mais um Nobel da Literatura? MG
posted by Gato 10:25 da tarde

O VELHO OESTE ALFACINHA: Digam o que disserem, a decisão do Santana Lopes de fazer o casino no Cais do Sodré é óptima: resolve o problema do Parque Mayer e dá um importante impulso ao melhor parque temático de Lisboa. Sim, porque a Avenida 24 de Julho já tinha bares frequentados por tipos à procura de sarilhos, tiroteios e ajustes de contas a toda a hora, casas de alterne, indivíduos a cruzarem velozmente a via pública em cavalo, autoridades quantas vezes complacentes com a ilegalidade e comboios pontualmente assolados por uma data de índios. Com a construção do casino está praticamente completo o cenário de faroeste! TD
posted by Gato 10:57 da manhã

OLHOS: Ainda são só 11 horas e já ouvi duas vezes a frase: "Vi com estes, que a terra há-de comer". Aparentemente, a terra tem um apetite voraz pelos olhos desta gente. Deve ser um pitéu. RAP
posted by Gato 10:18 da manhã

OS CASINOS TÊM SEMPRE PRIORIDADE: Depois de ter decidido sair da vida partidária, entrar na vida partidária, sair da vida partidária, entrar na vida partidária, sair da vida partidária e entrar na vida partidária (estou a escrever às 04:15 de segunda-feira, ou seja, até vocês lerem isto é possível que esta posição já se tenha alterado), Santana Lopes volta a demonstrar a congénita tendência para a indecisão no dossier do casino. Até hoje, o casino de Lisboa já teve quatro ou cinco localizações diferentes (agora sou eu que estou indeciso). O presidente da Câmara de Lisboa até já pediu a Frank Gehry para construir o casino com umas rodinhas por baixo, que é para o caso de ele querer mudá-lo de sítio, à última da hora, mesmo depois de construído. MG
posted by Gato 3:21 da manhã

E O VENCEDOR É...: Ontem, foi a estreia de “Quem é mais inteligente?”, o novo concurso da TVI. Ouvi dizer que o vencedor foi um tipo que não estava a ver o programa. MG
posted by Gato 3:20 da manhã

COITADINHO DO MIÚDO!: Num curto espaço de tempo, conseguimos despachar para o Brasil o Padre Frederico, o Luís Filipe Militão e a Fátima Felgueiras. Ou seja, o Brasil até pode ser o nosso país irmão, mas é de certeza o irmão mais novo. Só assim se justifica que o massacremos desta maneira, coitado! TD
posted by Gato 2:57 da manhã

ACÇÃO DE FORMAÇÃO: O Expresso desta semana revelou o conteúdo de uma carta que um ex-vereador da Câmara da Amadora enviou a António Guterres, então líder do PS, em que se descreve de forma detalhada os mecanismo de extorsão de dinheiro às empresas e o seu encaminhamento para os partidos. A notícia causou grande desconforto nas autarquias, levando a Associação Nacional de Municípios a convocar uma assembleia-geral de emergência: o objectivo é transmitir, aos três autarcas que ainda não dominam o assunto, estas técnicas de roubo e financiamento ilegal dos partidos. TD
posted by Gato 2:22 da manhã

GATO FEDORENTO NA VANGUARDA DA INFORMAÇÃO: Numa altura em que todos os meios de comunicação social procuravam responder à pergunta “onde está Fátima Felgueiras?”, o Gato Fedorento escreveu em primeira mão que a ex-autarca estava no Rio de Janeiro (ver post do dia 7 de Maio). Mais tarde, a comunicação social foi a reboque do Gato Fedorento e lá confirmou a informação. Ou seja, estamos seriamente desconfiados que possuímos poderes mágicos. Que tudo o que antevemos realiza-se. E como ficámos deveras entusiasmados com esta nova perspectiva, cá vão notícias fresquinhas, a ver se pegam: esta semana, Paulo Portas demite-se do governo e cai em desgraça (para onde quer que vá, passa a ser constantemente perseguido por uma multidão furiosa e violenta, composta maioritariamente por reformados, agricultores e peixeiras); descobre-se que o Futebol Clube do Porto não pagou o IRS de 1973 e a Liga de Clubes vê-se obrigada a retirar à equipa portista 13 pontos no presente campeonato; finalmente, as modelos da Face passam, de um dia para o outro, a considerar os elementos do Gato Fedorento irresistíveis (apesar das inúmeras verrugas e furúnculos que se encontram espalhados pelos seus corpos flácidos e gordurosos) e não descansam enquanto não conseguem fazer deles os seus escravos sexuais. Façamos figas... MG
posted by Gato 1:17 da manhã

O MELHOR PROGRAMA ACTUAL DOS ANOS 80: Ontem, liguei a televisão a meio da tarde, pus na RTP 1 e pensei: “O que é isto? Mas porque é que estão a repor um programa de variedades dos anos 80?” Pura ignorância audiovisual. No canto superior direito do écran, lá estava escrito “em directo”. Tratava-se de “Domingo é Domingo” (o nome podia ser bem melhor: por exemplo, “Domingo é Terça-Feira” ou “Domingo é Sábado”). Nos primeiros instantes, desdenhei do facto de ser o primeiro programa da história da televisão a ter 487 apresentadores (Ricardo Carriço, Serenela Andrade, Daniel Oliveira, Isabel Figueira, António Macedo, etc, etc.) Até que percebi tudo. Senhoras e senhores, “Domingo é Domingo” está à frente do seu tempo. É o primeiro programa pós-pneumonia atípica. Eu explico: imaginem que há um surto da doença em Portugal e, dos 487 apresentadores, 486 apanham o vírus... no pior dos cenários, sobra sempre um para apresentar o programa no Domingo seguinte. Está ou não está bem pensado por parte da RTP? MG
posted by Gato 1:16 da manhã

Powered by Blogger

 

Um blog com opiniões, nenhuma das quais devidamente fundamentada. Mantido por: Tiago Dores, Miguel Góis, Ricardo de Araújo Pereira e Zé Diogo Quintela. E-mail: gatofedorento@hotmail.com

Past
current